top of page
Buscar
  • Foto do escritorTiago Bertalot

O Motor Parou!

Atualizado: 14 de dez. de 2022

Olá velejador. Já aconteceu do motor parar de funcionar bem na hora errada?

Na nossa última navegada da temporada de 2022 saímos de um lugar lindo chamado Foça na Turquia com destino a Izmir, umas 6 horas de navegada se o vento ajudasse, caso contrário teríamos que motorar. Como esse era o último trecho das mais de 1.600 milhas que velejamos desde a nossa saída da Itália 6 meses antes, estávamos no modo "chegada" - querendo parar o barco logo para o inverno.

Volvo Penta D2F-55 do Trouble

O vento veio e fizemos uma bela velejada superando os 8kts em alguns trechos, o que é bem rápido pois nossa média esse ano foi de 5.1kts mas no final, seguindo a previsão do tempo, o vento diminuiu e tivemos que ligar o motor, faltava só uma hora para finalmente atracarmos na marina de inverno onde o barco ficaria parado por 6 meses. Como diz um amigo nosso:


Quando você chega na marina de inverno é um alívio!

Quando estávamos a umas 5 milhas da marina, acredite ou não, o motor que nos levou em segurança por todas aquelas milhas e mais de 300h de uso, começou a dar alarme de temperatura alta*. percebi então que não saia água do escapamento** um indicativo que o motor vai sobreaquecer mesmo, a única alternativa é desliga-lo. Apertei o botão e piiiii: motor parado. Assim que eu me levantei, vi que a Mari já havia levantado as velas e o Giovanni estava ajudando a trima-las!


Que tripulação essa minha!

Com esse pouco vento, levamos o barco bem devagar por essas 5 milhas. Eu e o Giovanni fomos trabalhar no motor, a Mari e a Manu ficaram no comando do barco. Verificamos tudo que poderia ter acontecido, impeller, entupimento, sujeira no filtro, tudo parecendo normal, sem sucesso fomos ajudar as meninas no deck, afinal isso é um barco a vela né, o motor é auxiliar.

Após quase 2 horas velejando bem devagar entramos na pequena marina a vela! Já tínhamos feito isso em barcos pequenos, mas não nesse que tem quase onze toneladas e é bem menos ágil. A manobra foi perfeita e como o motor já estava frio depois de algumas horas parado o ligamos por 2 ou 3 minutos só para encaixar na vaga, o Trouble Maker parou perfeitamente, a melhor das nossas paradas nessa temporada.

Entrada apertada da marina

Como eu estava já muito cansado para investigar o problema e tínhamos pouco tempo para trabalhar nos detalhes finais da preparação do barco para o inverno, chamamos um mecânico que identificou alguns problemas: a bomba d'água estava estragada, uma mangueira obstruída com uma placa de sal e o filtro de água entrando ar. Isso que o barco foi revisado pela própria Volvo Penta na Croácia uns meses antes...


A representante da Volvo em Izmir não tinha as peças que precisávamos com mais urgência como a bomba d'água e os selos (o-rings) que precisávamos para arrumar a que estava quebrada. Fizemos uma adaptação com um filtro comum de piscina substituindo o que vazava ar, que ficou mais fácil para verificar por dentro pois é transparente e parece ser de um material muito mais resistente que o original da Volvo, a bomba d'água foi reparada e as mangueiras desobstruídas.


Agora temos um monte de água saindo pelo escapamento e isso é ótimo!


No Trouble Maker, somos previnidos, então já compramos outra bomba d'água novinha e original, selos a mais e o filtro também original just in case. Abaixo os preços que pagamos em alguns ítens:

Bomba d'água VOP3583089

710 EUR

Filtro de Piscina

35 EUR

Reparo da bomba d'água

90 EUR

4 horas de serviço mecânico

110 EUR

O que você faria numa situação dessas?


Nós ficamos tranquilos, apesar de ser a primeira vez que o motor parou de funcionar desde que começamos a velejar barcos de oceano. No passado tivemos um veleiro de 17 pés, um Tchê 17, que estacionávamos na vela pois não tinha nenhum motor a bordo e essa experiência de 12 anos atrás, ficou guardada nas nossas cabeças, que bom!

Veleiro Tchê 17

Todos os anos revisamos o nosso motor com um especialista da Volvo para - justamente - não ter quebras como essa. A nossa manutenção preventiva é assim:

  • Sextas-feiras: fazemos um check geral do nosso motor verificando o nível de óleo e líquido de arrefecimento, conexões elétricas ruins, peças soltas, etc

  • Travessias: verificamos a casa de máquinas religiosamente a cada 3h, procuramos por vazamentos, cheiro de queimado ou fumaça, cabos soltos ou qualquer coisa estranha.

  • Aproveitamos para checar também a voltagem que o alternador está fornecendo para as baterias, em torno de 14V, alguns amigos tiveram problemas graves com alternadores!

  • Trocamos impeller, óleos, filtros e correias uma vez por ano

  • Nós também revisamos outras partes do veleiro depois de ventos fortes ou antes de travessias mais longas

O que você acha que poderíamos ter feito melhor, alguma dica?


Para nós os pontos positivos foram:

  • Tripulação atenta e sabendo fazer as tarefas corretamente

  • Ter lido o manual do motor para saber que tínhamos 10 minutos para agir nessa situação

  • Conhecimento adquirido nos barcos pequenos

  • Saber avaliar que não haveria possibilidade de arrumar o motor e focar em chegar na vela

  • Briefing detalhado da manobra dentro da marina, cada um seguindo suas funções

  • Ter avisado a marina pelo VHF para estarem prontos para ajudar

Os pontos a melhorar:

  • Revisar a revisão do motor mesmo que feito pela Volvo

  • Ter mais peças sobressalentes a bordo do barco

  • Incluir a bomba d'água nos cheques de sexta-feira

Vamos conversar mais sobre isso durante uma Experiência a Bordo No Trouble? A temporada de 2023 está vindo e nada como planejar uma experiência totalmente diferente com a gente na Europa, clique aqui!

Bons ventos e muita água refrigerando o motor,

Tiago


*Temperatura alta: segundo o manual da Volvo para o motor D2F-55, esse alarme ocorre quando a temperatura está a dez graus Celsius da temperatura máxima, o que te dá alguns minutos para agir e desligar o motor.


**Nos motores diesel do barco, a refrigeração acontece pela troca de calor entre o líquido de arrefecimento (como no carro) e a água do mar, por isso, saem juntas fumaça e água pelo escapamento, a falta de água significa que o motor vai sobreaquecer rapidamente.

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Nossa Revista de Vela

WhatsApp Image 2022-01-15 at 16.04_edite
bottom of page